Próximos eventos

MESA

Sexta-feira, 08/10 – 13 h

Zuzu Acadêmica

com Hildegard Angel, Priscila Andrade, Luiza Repsold e Celina de Farias

Mediação: Luiza Marcier

Evento remoto → Zoom
Meeting ID: 943 0704 3403
Passcode: mesazuzu

MESA

Terça-feira, 19/10 – 17h

Arte e Política

com Frederico Coelho, Priscyla Gomes e Rodrigo Guéron

Mediação: Cadu

Evento remoto → Zoom
Meeting ID: 923 8018 4157
Passcode: artepol

VÍDEO

Visita guiada ao acervo digital do Instituto
Zuzu Angel

Com Priscila Andrade

Assista o vídeo

Eventos realizados

Assista os vídeos

ABERTURA ZUZU ANGEL

21 de julho

Com Hildegard Angel
.

INSPIRA FAVELA INSPIRA

1 de julho

Mesa “Pandemia e Favela”
Mônica Francisco, Fernanda Viana e Marcelo Burgos

CINELAB

Terça-feira 28/09 – 17 h

Exibição do filme:

ZUZU ANGEL

de Sérgio Rezende

Evento remoto → Zoom
Meeting ID: 918 9094 5967
Passcode: cinelabdad

MESA

Segunda- feira, 04/10 – 17 h

Moda e Política

com Hildegard Angel, Maria do Carmo Rainho e Heloisa Santos

Mediação: Isabel Martins Moreira

Evento remoto → Zoom
Meeting ID: 955 0400 0828
Passcode: mesamoda

CINELAB

Segunda-feira, 13/09 – 17h

Exibição do filme:

Pasolini, um delito italiano

De Marco Tullio Giordana

Evento remoto → Zoom
Meeting ID: 991 4769 1881
Passcode: pasolini

PALESTRA

Quarta-feira, 15/09 – 13h

Vaga-lumes
Vozes da cultura local

Com Solange Jobim e Gamba Junior

Evento remoto → Zoom
Meeting ID: 927 9355 0566
Passcode: vaga-lume

PALESTRA

Quarta-feira, 06/10 – 13h

100 anos de Pasolini
Crítica à cultura em Escritos Corsários

Com Maria Betânia Amoroso

Evento remoto → Zoom
Meeting ID: 991 5004 7265
Passcode: 100-anos

CINELAB

Segunda-feira, 13/09 – 17h

Exibição do filme:

Pasolini, um delito italiano

De Marco Tullio Giordana

Evento remoto → Zoom
Meeting ID: 991 4769 1881
Passcode: pasolini

PALESTRA

Quarta-feira, 15/09 – 13h

Vaga-lumes
Vozes da cultura local

Com Solange Jobim e Gamba Junior

Evento remoto → Zoom
Meeting ID: 927 9355 0566
Passcode: vaga-lume

PALESTRA

Quarta-feira, 06/10 – 13h

100 anos de Pasolini
Crítica à cultura em Escritos Corsários

Com Maria Betânia Amoroso

Evento remoto → Zoom
Meeting ID: 991 5004 7265
Passcode: 100-anos

A DEXPO

A DEXPO é um conjunto de atividades de extensão com o foco na dimensão política do Design abordando a memória histórica entrecruzada com atualidade de questões como: fascismo, colonialidade, autonomia, equidade, justiça social, cultura material e práticas de poder.

Partindo das múltiplas contribuições das Artes e do Design para o pensamento político, como serviços, produtos, comunicação, expressão e sustentabilidade, serão geradas ações de parceria com setores sociais extramuros que caracterizam a extensão de uma forma inovadora e integrada ao ensino e pesquisa.

Sempre no segundo semestre letivo, serão propostos temas comuns à diferentes disciplinas e atividades. Diversos eventos como palestras, workshops, visitas guiadas ou aulas abertas vão gerar material de apoio para as práticas de colaboração com os setores sociais parceiros dentro das disciplinas.

TEMAS DE TRABALHO

A DEXPO 2021/22 terá dois temas de trabalho:

  • Os 100 anos de nascimento de Zuzu Angel (Parceria Instituto Zuzu Angel)
  • Os 100 anos de nascimento de Pier Paolo Pasolini  (Parceria Museu da Pessoa)

Ambos os personagens combateram e se opuseram a governos totalitários, foram assassinados pelo fascismo, tiveram as causas de suas mortes reveladas por processos de investigação complexos e produziram para a sua época manifestos políticos e revolucionários através da cultura material.

As atividades dos dois temas vão percorrer ‘trilhas’ (conjunto de etapas) específicas, mas também diversas ações comuns. E os resultados dos eventos e disciplinas serão sempre expostos em uma mostra virtual no ano seguinte.

Saiba mais

Disciplinas participantes

VAGA-LUMES

DSG 1335 – 1AA – Terça e Quinta, 11-13h

Profa. Simone Formiga

Estudos avançados em linguagem visual. Análises críticas. A expressividade na Comunicação Visual e sinestésica. A construção do discurso visual: imagem e narrativa. Relação espaço bidimensional e espaço tridimensional. Desenvolvimento do vocabulário e do raciocínio visual.

DSG 1336 Encadernação

Turma 1AA segunda-feira de 11 às 13h
Turma 1AB segunda-feira de 13 às 15h

Profª Cristina Viana

A encadernação como meio de preservação, de expressão artística e como design singular. Métodos e técnicas.

DSG 1424 – 1AA – Quinta, 13-16h

Profa. Claudia Bolshaw

Técnicas, tecnologias e equipamentos.

Neste semestre – 2021.2 A disciplina terá como contexto as histórias verídicas e autorais do Museu da Pessoa, parceira deste projeto. A linguagem da animação, assim como sua produção, deverá ter como objetivo gerar animações como conteúdo visual para os depoimentos narrativos.

DSG 1537 – 1AA – Sexta, 09-11h

Profa. Silvia Helena Soares

O figurino e o contexto espacial e temporal. O figurino e o partido cênico. Estudo das cores, materiais e luz. Aspectos práticos e visuais. Concepção e projeto de figurino.

DSG 1705 – 1AA – Quarta, 11-13h

Prof. Miguel Carvalho

Fundamentação da ilustração, mediante leitura crítica e discussão teórica e prática. Estudo de projeto envolvendo a representação gráfica com função narrativa, tendo como objeto a ilustração inserida em uma ficção. Abordagem metodológica através da tensão entre três eixos básicos de
representação narrativa: a gráfica (imagem), a performativa (movimento) e a verbal (texto), apontando suas implicações à ilustração.

DSG 5024 – 1AA – Quarta, 16–19h

Prof. Carlos Eduardo Felix da Costa

Reflexão sobre o entendimento das definições de “povo” ou “popular”, desde as acepções que privilegiam produções com recorte regional e de abrangência circunscrita, até manifestações que incluem a indústria cultural massificada de ampla circulação. Reflexão sobre questões relevantes para todas as manifestações associadas à baixa ou alta cultura que o uso do nome “popular” pode sugerir. Estudo das contribuições do Design e da arte para intervenções e releituras que promovam novas formas de contato com o tema.

DSG 5024 – 1AB – Quarta, 16–19h

Prof. Nilton Gamba Junior

Reflexão sobre o entendimento das definições de “povo” ou “popular”, desde as acepções que privilegiam produções com recorte regional e de abrangência circunscrita, até manifestações que incluem a indústria cultural massificada de ampla circulação. Reflexão sobre questões relevantes para todas as manifestações associadas à baixa ou alta cultura que o uso do nome “popular” pode sugerir. Estudo das contribuições do Design e da arte para intervenções e releituras que promovam novas formas de contato com o tema.

ZUZU ANGEL

DSG 1536 – Ilustração de Moda

Turma 1AA quinta-feira de 11 às 13h

Profª Gisela Pereira

Iniciação na representação gráfica de moda.

DSG 1538 – 1AA – Sexta, 9-11h

Profa. Silvia Helena Soares

A moda como linguagem, identidade. Panorama do setor de moda no Brasil. As transformações tecnológicas e o impacto na produção. Demandas regionais, nacionais e internacionais.

DSG 1757 – Merchandising Visual

Turma 1AA segunda-feira de 15 às 18h

Profª Monica Saboia Saddi

Desenvolvimento, conceitos e técnicas da exposição de produtos e da atividade de merchandising visual para marcas de moda. Através de aulas expositivas, leituras e uma pesquisa de referências visuais dessa atividade, a disciplina visa promover a compreensão da trajetória das técnicas de exposição de produtos e do desenvolvimento da área de merchandising visual como atividade estratégica para a comunicação da identidade das marcas em empresas de moda.

DSG 1946 – 1AA – Quarta e Sexta, 13-15h

Profª. Luiza Marcier e Prof. Carlos Eduardo Félix da Costa

Pluralidades dos corpos contemporâneos. Metonímia e associações em rede. Experimentação da forma e da linguagem como modos de subjetivação. Estado da Arte e Repertório de Moda Contemporânea. O desenho como ação e como produção de presença. Corpos no espaço, suas dimensões múltiplas e suas interações. Sistemas criativos, rizomas, listas e coleções em contextos múltiplos e plurais.

Em 2021.2, o curso será especialmente voltado para os 100 anos de Zuzu Angel, com palestras, mesas e oficinas sobre o tema.

VAGA-LUMES + ZUZU ANGEL

DSG 1144 Modelagem Virtual

Turma 1AE sexta-feira de 7 às 10h
Turma 1AF quinta-feira de 16 às 19h

Prof. Guilherme Lorenzoni

Desenvolvimento de conceitos de uso do espaço digital 3D, obtenção de desenho técnico a partir de modelagem tridimensional, processo de renderização, simulação de objetos 3D, Atividade em laboratório. A disciplina terá um exercício realizado em parceria com os alunos de Design de Estamparia.

DSG 1311 – 1AA – Terça e Quinta, 11-13h

Profa. Julieta Sobral

Linguagem e estruturas gráficas. Desenvolvimento do raciocínio visual e da linguagem gráfica. Aprofundamento de aspectos funcionais, expressivos e técnicos da imagem, da tipografia e da cor. Aspectos técnicos da criação da imagem impressa. Teoria e prática de laboratório.

DSG 1517 – 1AB – Quinta, 13-15h

Profa. Isabel Martins Moreira

Panorama histórico, cultural e mercadológico do design de estamparia. Introdução de técnicas de impressão, e aperfeiçoamento do uso de ferramentas de repetição, rapport, em projetos de design. Projetos adequados às tendências de moda e mercado.

Em 2021.2, para o exercício de G2, usaremos os temas da DEXPO para pesquisa e conceituação de uma coleção de estampas para vestuário.

A disciplina terá um exercício realizado em parceria com os alunos de Modelagem Virtual.

DSG 1143 – 1AA – Sexta, 7-10h

Profa. Eliane Garcia

O uso de meios digitais para desenvolvimento, modelagem e animação de vinhetas, videografismo, apresentações animadas 2D e 3D, conceitos de timeline, noções básicas de edição de vídeo digital.

DSG 1143 – 1AG – Quarta, 13-16h

Profa. Eliane Garcia

O uso de meios digitais para desenvolvimento, modelagem e animação de vinhetas, videografismo, apresentações animadas 2D e 3D, conceitos de timeline, noções básicas de edição de vídeo digital.

PASOLINI 100 ANOS

O evento VAGA-LUMES: vozes da cultura tem como objetivo comemorar os 100 anos de nascimento de Pier Paolo Pasolini. “Vaga-lumes” é uma analogia feita pelo autor para refletir sobre as formas de ameaças e resistências das culturas periféricas. A luz do frágil inseto e sua delicada relação com o ecossistema no seu entorno são os pontos de partida para essa reflexão. Porém, essas características se unem a uma potência poética das manifestações de cultura popular, estando aí o seu caminho de preservação.
O evento apresenta dois projetos de pesquisa e extensão produzidos por uma rede de instituições de memória e ensino, cujas referências teóricas e metodológicas tiveram como base inspiradora os conceitos de Pasolini. O projeto Motirô, o festejo como testemunho e o projeto Inspira Favela Inspira, ambos coordenados pela PUC-Rio e o Museu da Pessoa, se baseiam em registros de memória oral de pessoas envolvidas em questões periféricas aos grandes centros de decisão, bem como suas manifestações em tempos da pandemia COVID19.

Motirô entrevista pessoas envolvidas em festejos populares que tiveram seus ritos impedidos durante as políticas sanitárias desses dois últimos anos. Inspira Favela Inspira recolhe depoimentos de moradores de favelas que propuseram soluções para o enfrentamento da COVID-19 na própria localidade.
Os acervos desses projetos estão disponíveis no site do Museu da Pessoa e vão gerar intervenções expressivas e comunicacionais. Esses acervos e as intervenções ressaltam a atualidade e relevância da obra de Pasolini para uma análise contundente de questões urgentes no presente momento histórico do Brasil sobre democracia e cultura.

ZUZU ANGEL 100 ANOS

O Departamento de Artes & Design, em parceria com o Instituto Zuzu Angel, vai homenagear o centenário de Zuzu Angel. Mesas, palestras, filmes estão programados para acontecer no segundo semestre, visando refletir sobre o passado e contextualizar o presente. Alunos do curso vão desenvolver projetos inspirados em Zuzu, imaginando o que a estilista estaria criando e inventando se hoje estivesse viva. O design da PUC-Rio possui um viés social, projetando inovações que buscam agir e intervir, com responsabilidade, em assuntos relevantes da sociedade.

A jornalista Hildegard Angel assim descreve Zuzu em seu belo texto de homenagem ao centenário da estilista mineira: “Zuzu Angel significou o ponto fora da curva na moda em nosso país, o ponto da consciência e da virada. Pois foi a primeira a denunciar a colonização mental e cultural de nossos criadores de moda, até mesmo os mais talentosos, que condicionavam suas criações aos padrões importados, sejam de estilo, técnica, cor e até de altura da bainha.”

A ideia é que Zuzu Angel, tanto sua vida quanto sua obra, sejam ponto de partida para pensar a moda brasileira de maneira mais ampla, como forma potente de criação de linguagem e de transformação social e política.